Cuiabá (MT), 24 de outubro de 2017 - 04:13

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/
572x90
Banner gov mt em acao 468x60  2

Várzea Grande

04/04/2017 18:09

Voo internacional entre Cuiabá e Bolívia deve ser adiado mais uma vez;

O voo internacional entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra (Bolívia) deve ser adiado mais uma vez. Prevista para o início de maio, a rota ainda não teve aprovação das autoridades bolivianas, que parecem dificultar o acordo. Com isto, o Aeroporto Internacional Marechal Rondon segue com o ‘internacional’ apenas no nome. Na última segunda-feira (03), foi anunciado que o terminal será privatizado.
 
A Azul Linhas Aéreas, que será a responsável por operar o voo entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra, informou ao Olhar Direto que ainda “não recebemos aprovação das autoridades bolivianas, então possivelmente teremos uma atualização de data prevista de início. Por enquanto ainda não temos essa nova previsão”.
 
Vale ressaltar que a rota já foi aprovada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Porém, o que dificulta o início das operações é o aval das autoridades bolivianas. Enquanto isto, o terminal mato-grossense continua sem nenhuma operação para fora do país. A inclusão do voo estava prevista para fevereiro deste ano.
 
As viagens serão cumpridas às terças, sextas-feiras e aos domingos (Cuiabá-Santa Cruz) e segundas, quartas-feiras e sábados (Santa Cruz-Cuiabá), pelo turboélice ATR 72-600, com capacidade para 70 pessoas. A escolha pelo modelo garante versatilidade à frota e é ideal para atender à demanda de novas bases, segundo a empresa. Conforme o pedido da companhia, a aeronave decola de Cuiabá às 20h45 (horário local) e chega às 22h45 (horário local) na Bolívia. A volta tem partida programada às 23h30 (horário local) e pouso previsto às 01h30 (horário local). O voo deve ter duração de duas horas.
 
Na capital mato-grossense, há conexões rápidas e convenientes de e para: São Paulo (Viracopos e Guarulhos), Belo Horizonte, Goiânia, Campo Grande, Sinop, Barra do Garças, Porto Velho, Ji-Paraná, Vilhena, Rondonópolis, Cacoal, Curitiba, Florianópolis, Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão), Porto Alegre e Recife. Com a força em São Paulo e Belo Horizonte, onde estão seus maiores hubs, a companhia liga todo o país a Cuiabá e a Santa Cruz de la Sierra.
 
Santa Cruz de la Sierra é maior e mais populosa cidade da Bolívia, com 1,7 milhão de habitantes, além de ser a mais importante do Departamento de Santa Cruz. Motor econômico do país, Santa Cruz de la Sierra é um polo petroquímico, com foco na produção e exportação de gás natural. A cidade também é conhecida por sua tradição gastronômica.
 
Privatização
 
O Governo Federal autorizou a inclusão do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá) e outros quatro aeroportos regionais (Sinop, Alta Floresta, Barra do Garças e Rondonópolis) no próximo leilão de concessão para iniciativa privada. O presidente Michel Temer (PMDB) aceitou o pedido feito diretamente pelo governador Pedro Taques (PSDB). A informação foi confirmada nesta segunda-feira (03) pelo Secretário Nacional de Aviação Civil, Dario Lopes. A concessão das unidades prevê investimentos bilionários em Mato Grosso.
 
“Esta será uma grande vitória para Mato Grosso, que conseguirá, em poucos anos, além do Marechal Rondon, mais quatro aeroportos concessionados, garantindo uma melhor qualidade de serviços prestados e mais tranquilidade aos passageiros”, afirmou o governador. O próximo leilão ainda não tem data marcada, mas pela primeira vez o Estado deve protagonizar a oferta de um modelo inédito de parceria, potencializando o desenvolvimento dos municípios.
 
No pedido encaminhado ao ministro dos Transportes Maurício Quintela, a qual a Secretaria de Aviação Civil é vinculada, o governador solicitou e o governo federal aceitou a inclusão do Marechal Rondon e dos quatro aeroportos regionais no Programa Nacional de Desestatização (PND). Estudos da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) apontaram que os aeroportos, que possuem grande potencial de crescimento, podem ser melhor explorados caso os projetos de estruturação sejam modelados, formatados e executados em conjunto com o Marechal Rondon.
 
“Vamos inaugurar em Mato Grosso uma nova e moderna modelagem para aeroportos, que está sendo construída em parceria com a SAC. O aeroporto superavitário, no caso o Marechal Rondon, poderá subsidiar os quatro aeroportos regionais menores, de modo que todos funcionem com padrão de excelência”, disse o secretário da Sinfra, Marcelo Duarte. Na prática, a empresa vencedora, que poderá ser estrangeira, destinaria o valor da outorga não mais para União, mas sim para investimentos nos regionais.

Olhar Direto.


Plenário Mato Grosso - Central de Notícias, aqui você é informado com *Credibilidade **Dinamismo ***Seriedade e ****Conceito

Plenário Mato Grosso

Rua João Bento, 592-A
Bairro Quilombo
Cuiabá - Mato Grosso

plenariomtcomercial@gmail.com

imprensaplenariomt@gmail.com

contato@plenariomt.com.br

Busca

Redes Sociais

1170x90
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo