Cuiabá (MT), 24 de outubro de 2017 - 06:03

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/
572x90
Banner gov mt em acao 468x60  2

Várzea Grande

26/01/2017 09:54

Lucimar paga janeiro com aumento para professores

Redação Secom/Várzea Grande

 

Os servidores públicos municipais de Várzea Grande recebem nesta sexta-feira, 27, os salários do mês de janeiro, reafirmando o compromisso da prefeita Lucimar Sacre de Campos em garantir pagamento dos salários no mês de trabalhado, numa clara demonstração de respeito à categoria do servidor público.

“Temos exata dimensão da importância do serviço público no atendimento à população, sem contar o impacto que esses valores geram em toda economia de Várzea Grande e porque não dizer de toda Grande Cuiabá com sua circulação e aquecimento nas vendas do comércio e da indústria”, explicou Lucimar Sacre de Campos.

Outra novidade é que todos os professores da rede pública municipal vão receber seus salários com o mesmo percentual de correção dada pelo governo federal para o piso nacional do magistério e que foram corrigidos em 7,64%.

Instituído pela Lei 11.738/2008, o piso salarial profissional nacional dos profissionais do magistério público da educação básica é atualizado anualmente em 1º de janeiro, de acordo com o mesmo percentual de crescimento do valor aluno/ano nacional do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano, nos dois exercícios anteriores.

A diferença é que enquanto o piso nacional para 40 horas é destinado a professores de nível médio, em Várzea Grande os mesmos educadores de 40 horas são de nível superior.

“Nós não temos mais professores de nível médio, sejam os concursados ou contratados, todos são nível superior”, disse o secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, professor Silvio Fidélis, demonstrando o comprometimento pelo melhor nível de ensino a ser prestada pelas Escolas Municipais a população estudantil.

Várzea Grande tem uma média de 1.600 professores concursados e contratados, para as oitenta unidades escolares, sendo que este número varia de acordo com o período do ano em razão das contratações e dispensas decorrentes de períodos de férias ou de licenças médicas.

Enquanto o piso nacional ficou estipulado para R$ 2.298,00, em Várzea Grande o valor com a reposição das perdas inflacionárias de 2016 foi para R$ 3.448,20, ou seja, R$ 1.150,20 a mais que o salário praticado pelo Governo Federal e pela maioria dos Estados e Municípios, lembrando que este valor se refere a professor de nível superior para 40 horas/aula.

Silvio Fidélis lembrou ainda que a Educação em Várzea Grande vem recebendo mais recursos do que os 25% obrigatórios para serem aplicados e que o elemento humano é fundamental ao ensino, mas não é o único.

“Uma série de investimentos estão sendo preparados para este ano e somam mais de R$ 100 milhões, como a construção de 14 novos Centros Municipais de Educação Infantil – CEMEIs, as antigas creches, além de outras duas unidades que estavam com as obras paralisadas e serão retomadas; cinco escolas municipais serão totalmente reformadas e três novas escolas estaduais serão construídas em parceria com o Governo do Estado”, disse o secretário de Educação de Várzea Grande.

Outras ações que estão sendo implementadas ao longo deste ano serão o concurso público para todas as áreas e a distribuição de 100 mil conjuntos de uniformes escolares para todos os alunos da rede pública municipal e que serão entregues no próximo dia 31 deste mês.
 


Plenário Mato Grosso - Central de Notícias, aqui você é informado com *Credibilidade **Dinamismo ***Seriedade e ****Conceito

Plenário Mato Grosso

Rua João Bento, 592-A
Bairro Quilombo
Cuiabá - Mato Grosso

plenariomtcomercial@gmail.com

imprensaplenariomt@gmail.com

contato@plenariomt.com.br

Busca

Redes Sociais

1170x90
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo