Cuiabá (MT), 24 de agosto de 2017 - 05:45

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/
Governomt trabalho infantil 468x60  1
Banner gov mt em acao 468x60  1

Política

03/08/2017 12:56

JBS teria pago propina a Bezerra e Neri Geller para reeleger Cunha

CAROL SANFORD

O deputado federal Carlos Bezerra (PMDB) e o secretário de políticas agrícolas do Ministério da Agricultura, Neri Geller (PP), podem ter sido beneficiados no esquema de propina da JBS S/A, durante as eleições de 2014.

As informações são da revista Época, que apontou os mato-grossenses estão em uma lista de políticos, supostamente, “comprados” pelo então presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), que tentava a reeleição na Casa.

Cunha teria “abastecido” as campanhas de diversos políticos, após receber R$ 30 milhões da JBS.

Bezerra aparece em uma lista cujo total distribuído foi de R$ 14,6 milhões. Já Geller, teria recebido três parcelas, entre os meses de setembro e outubro e 2014, cujo valor total é de R$ 600 mil, sendo que R$ 300 mil seriam do senador Wellington Fagundes (PR).

Segundo a reportagem, além de R$ 4 milhões à bancada mineira do PMDB, Cunha determinou o pagamento de R$ 1 milhão, em cash, ao deputado e ex-ministro Marcelo Castro. Gastou outros R$ 10,9 milhões direcionando a verba da JBS para empresas que lavavam seu dinheiro e de seus aliados. Desse total, R$ 7,8 milhões foram depositados em escritórios de advocacia.


Plenário Mato Grosso - Central de Notícias, aqui você é informado com *Credibilidade **Dinamismo ***Seriedade e ****Conceito

Plenário Mato Grosso

Rua João Bento, 592-A
Bairro Quilombo
Cuiabá - Mato Grosso

plenariomtcomercial@gmail.com

imprensaplenariomt@gmail.com

contato@plenariomt.com.br

Busca

Redes Sociais

1435x90
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo