Cuiabá (MT), 20 de setembro de 2017 - 15:54

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/
572x90
Banner gov mt em acao 468x60  1

Pitacos

03/05/2017 09:20

Policiais fazem nova desocupação de garimpo ilegal em MT nesta quarta

Um grupo de 170 agentes das forças de segurança da Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT) começou na madrugada desta quarta-feira (3) uma nova desocupação do garimpo ilegal instalado na Serra da Borda, em Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá Participam da ação policiais civis e militares, bombeiros e peritos criminais.

A área é da União, mas pelo menos uma mineradora têm autorização do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) para exploração no local.

 
 
 
Secretaria de Segurança Pública faz desocupação de garimpo em Pontes e Lacerda

Secretaria de Segurança Pública faz desocupação de garimpo em Pontes e Lacerda

Também devem participar da desocupação policiais civis do Garra (Grupo Armado de Resposta Rápida), a GOE (Gerência de Operações Especiais) e policiais militares da Força Tática, informou a Segurança do estado.

Os policiais e demais membros da Sesp saíram do quartel da Polícia Militar por volta de 5h [horário de Mato Grosso]. A expectativa, conforme os policiais, é de que a ação seja pacífica e termine por volta de 11h.

Ainda na terça-feira, garimpeiros associados à cooperativas foram para a Serra da Borda para iniciar um trabalho de convencimento junto às pessoas que permanecem no local e oferecer a elas a chance de se retirarem da região espontaneamente. Alguns garimpeiros deixaram a região na terça-feira.

A desocupação foi decidida em reunião realizada na manhã de terça-feira (2) na sede do Ministério Público do Estado (MPE) em Pontes e Lacerda, da qual participaram promotores e integrantes da Sesp-MT.

 

O garimpo
O garimpo havia sido desocupado pela última vez em janeiro deste ano, depois de ter sido invadido por bandidos considerados de alta periculosidade. Em março, quando foi verificada nova ocupação da área, a Polícia Militar estimou que 3 mil pessoas estivessem na Serra da Borda. A estimativa atual da Sesp-MT, entretanto, é que esse número tenha caído para 240 pessoas.

A Justiça Federal já decidiu pela desocupação do garimpo em mais de uma ocasião. Em delas, em janeiro, os governos estadual e federal foram condenados a desocupar a área e, depois disso, a segurança deveria ser assumida pelas duas mineradoras com autorização de exploração da lavra naquele lugar.

A Serra da Borda em Pontes e Lacerda começou a ser invadida em setembro de 2015 e reuniu milhares de pessoas desde então. A Justiça Federal afirma que a invasão é ilegal porque não tem autorização do DNPM.


Plenário Mato Grosso - Central de Notícias, aqui você é informado com *Credibilidade **Dinamismo ***Seriedade e ****Conceito

Plenário Mato Grosso

Rua João Bento, 592-A
Bairro Quilombo
Cuiabá - Mato Grosso

plenariomtcomercial@gmail.com

imprensaplenariomt@gmail.com

contato@plenariomt.com.br

Busca

Redes Sociais

1170x90
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo