Cuiabá (MT), 24 de outubro de 2017 - 02:15

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/
572x90
Banner gov mt em acao 468x60  2

Mundo

19/09/2017 15:51

Itália registra mais de 60 casos de Chikungunya; OMS emite alerta

Ansa

 

As autoridades sanitárias da Itália registraram 65 casos de Chikungunya em Lazio e colocaram a região em alerta. Ao todo, foram confirmados 55 infectados em Anzio, sete em Roma e três em Latina.

De acordo com nota oficial da comuna, as pessoas atingidas pela doença estão sendo medicadas e não correm risco de vida. Além disso, uma circular foi emitada para médicos e enfermeiros de toda a localidade para ficarem mais atentos com pessoas que possam apresentar sintomas da doença.

Na última semana, a ASL (Agência Sanitária Local) havia cobrado as autoridades para realizarem um trabalho de desinfestação pelos bairros de Roma. Em nota, a região de Lazio afirmou que durante uma reunião de emergência pediu para "ampliar as operações para outras áreas afetadas conforme previsto no Plano Nacional de Vigilância 2017".

Reprodução

Os casos de chikungunya deixam alerta na Itália

O surto da doença também está sendo avaliado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), que emitiu um alerta para os cidadãos evitarem as principais áreas afetadas e o contato com mosquitos.

"Existe o risco de uma maior transmissão, porque o mosquito Aedes Albopictus está estacionado no Mediterrâneo", disse o documento, orientando os turistas que têm viagem marcada à Itália. "É melhor evitar o contato com mosquitos usando roupas corretas e repelentes".

Na semana passada, por sua vez, as autoridades sanitárias anunciaram que os cidadãos romanos estão proibidos de doar sangue na tentativa de evitar eventuais contágios de chikungunya. A medida vale por 28 dias.

A doença é transmitida por mosquitos como o Aedes aegypti e Aedes albopictus. Entre os principais sintomas estão febre alta, dor nas articulações e erupções cutâneas.

Não é a primeira vez que a Itália registra casos da doença em seu território. Em agosto de 2007, foram notificados os primeiros casos autóctones, ou seja, contraídos dentro do país, na região de Emilia-Romana. 


Plenário Mato Grosso - Central de Notícias, aqui você é informado com *Credibilidade **Dinamismo ***Seriedade e ****Conceito

Plenário Mato Grosso

Rua João Bento, 592-A
Bairro Quilombo
Cuiabá - Mato Grosso

plenariomtcomercial@gmail.com

imprensaplenariomt@gmail.com

contato@plenariomt.com.br

Busca

Redes Sociais

1170x90
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo