Cuiabá (MT), 22 de outubro de 2017 - 08:04

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/
572x90
Banner gov mt em acao 468x60  2

Mundo

07/06/2017 13:15

Duplo atentado no Irã deixa ao menos 12 mortos e mais de 40 feridos

Pelo menos 12 pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas nesta quarta-feira, 7, em dois ataques realizados por homens armados, um no Parlamento do Irã e outro no mausoléu do aiatolá Ruhollah Khomeini, ambos em Teerã, capital do país, cuja autoria foi reivindicada pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI). O balanço das vítimas foi divulgado pelo diretor do serviço de emergências da cidade e pela mídia estatal iraniana.

As forças de segurança já retomaram o controle do mausoléu e do Parlamento.

Os dois ataques foram realizados por "combatentes" do EI, disse o grupo, segundo um site de propaganda jihadista. Três agressores, um com uma pistola e dois com fuzis AK-47, atacaram o prédio do Parlamento, disse o parlamentar Elias Hazrati.

A emissora estatal Irib informou que um dos autores do atentado detonou um colete suicida, embora outras agências de notícias tenham dito que a explosão pode ter sido causada por granadas lançadas pelos agressores.

A agência Tasnin disse que há relatos ainda não confirmados de que os agressores fizeram quatro reféns dentro do prédio do Parlamento.

O vice-ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Hossein Zolfaghari, disse que os agressores, que estavam vestidos como mulheres, entraram pelo portão principal do prédio e abriram fogo, segundo a Tasnim. "Um dos agressores no Parlamento foi morto a tiros, e um detonou um colete suicida", acrescentou.

Aproximadamente meia hora após o primeiro ataque, os agressores abriram fogo contra o mausoléu do aiatolá Khomeini, que fica apenas alguns quilômetros ao sul, deixando muitos civis feridos, informou a imprensa local.

Segundo a Irib, o governador de Teerã disse que um dos agressores detonou um colete suicida, um outro foi morto por forças de segurança e os demais foram presos.

"A atmosfera é tensa. É um golpe contra Rohani. Como quatro homens armados podem entrar no Parlamento, onde sempre houve uma segurança muito firme?", disse uma autoridade que pediu para não ser identificada.

O Ministério de Inteligência iraniano disse que as forças de segurança ainda prenderam uma "equipe terrorista" que estaria planejando um terceiro ataque, sem dar mais detalhes.

Reação

O Ministério das Relações Exteriores da Turquia condenou em um breve comunicado os atentados em Teerã. "Fomos informados com tristeza que a Assembleia Islâmica do Irã e o mausoléu do aiatolá Khomeini sofreram nesta manhã um ataque terrorista e há pessoas que morreram e ficaram feridas", diz o comunicado.

"Condenamos estes ataques atrozes, desejamos que Deus tenha na sua glória os que perderam a vida e transmitimos as nossas condolências tanto ao povo do Irã como ao governo", aponta o comunicado.

Esses atentados são raros no Irã, cujas autoridades reforçaram as medidas de segurança em torno dos edifícios oficiais, como a sede da presidência. / EFE, AFP e REUTERS


Plenário Mato Grosso - Central de Notícias, aqui você é informado com *Credibilidade **Dinamismo ***Seriedade e ****Conceito

Plenário Mato Grosso

Rua João Bento, 592-A
Bairro Quilombo
Cuiabá - Mato Grosso

plenariomtcomercial@gmail.com

imprensaplenariomt@gmail.com

contato@plenariomt.com.br

Busca

Redes Sociais

1170x90
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo