Cuiabá (MT), 24 de junho de 2017 - 04:23

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/
620x100  1
Banner faixa cidada 468x90
Pref cuiaba maio amarelo 468x60
Governomt trabalho infantil 468x60  1
Governo aniversario mt 468x60
440x90
Banner gov mt em acao 468x60
Governomt queimadas 468x60  10
Banner governo abuso infantil 468x60
Banner prefeitura negocieja 468x60  1

Economia

11/05/2017 17:43

Chevrolet Onix tem zero estrela em teste de segurança do Latin NCap

Latin NCap, organização independente que avalia a segurança de veículos, divulgou nesta quinta-feira (11) mais uma rodada de testes de colisão. Carro mais vendido do Brasil, o Chevrolet Onix foi reprovado pela entidade, ficando com zero estrela.

As principais críticas se referem ao mau desempenho do carro em teste de colisão lateral, que não é obrigatório para a homologação de veículos a serem vendidos no Brasil.

O mau resultado foi observado pelo Latin NCap na proteção para ocupantes adultos, dos bancos dianteiros. A entidade apontou o risco de impacto no peito dos ocupantes nesse tipo de batida.

 

"O Onix mostrou um desempenho pobre, já que o teste de impacto lateral evidenciou uma compressão alta no peito do passageiro adulto, divulgando uma alta penetração na estrutura", disse a entidade.

"O Onix não contava com dispositivos de absorção de energia em sua estrutura para impacto lateral, apenas barras nas portas. Considerando esses resultados de testes, o Onix não passaria os requerimentos básicos da regulação para impacto lateral das Nações Unidas (UN95)", completou o Latin NCap.

Na proteção para crianças, o veículo conquistou 3 estrelas (de 5 possíveis).

O hatch é produzido na unidade de Gravataí (RS) e exportado para Argentina, Colômbia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai.

 

Por que foi reavaliado

Em 2014, o Onix foi avaliado com 3 estrelas para adultos, mas o novo padrão de testes do Latin NCap, com colisão lateral, modificou a nota do hatch. Esse tipo de teste se tornou parte da avaliação da entidade em 2016; antes, só era feito se a montadora pedisse.

Por isso, modelos que já tinham sido avaliados voltaram a ser testados. Mas, até agora, apenas 3 que são vendidos no Brasil foram testados nos novos parâmetros: Peugeot 208 e Fiat Palio, que também tiveram notas rebaixadas por conta do desempenho ruim na colisão lateral.

 

Em todos os casos, o Latin NCap diz que os veículos teriam melhores resultados se tivessem airbags laterais, que não são exigidos por lei.

A entidade passou a ter critérios mais rígidos também para avaliação de impacto frontal. Mas não repetiu o "crash-test" do Onix neste caso: apenas reavaliou os resultados de 2014. É por isso que, no vídeo acima, aparecem as imagens de carros em cores diferentes: o cinza é o do teste de 2014 e o vermelho, o deste ano, de colisão lateral.

O que diz a fabricante

Questionada pelo G1, a General Motors, dona da Chevrolet, disse que o modelo está de acordo com as normas do país.

 

"O Chevrolet Onix cumpre integralmente com todos os requisitos locais de segurança dos mercados onde é vendido na América do Sul", respondeu a GM, em comunicado.

(Leia o comunicado na íntegra ao final da reportagem)

 
Chevrolet Onix recebeu nota zero em teste de colisão do Latin Ncap (Foto: Divulgação / Latin NCap)Chevrolet Onix recebeu nota zero em teste de colisão do Latin Ncap (Foto: Divulgação / Latin NCap)

Chevrolet Onix recebeu nota zero em teste de colisão do Latin Ncap (Foto: Divulgação / Latin NCap)

 

Proteção infantil

Com 3 estrelas, a proteção para o passageiro infantil foi considerada aceitável pelo Latin NCap. O resultado foi melhor que o de 2014, quando o Onix conquistou duas estrelas nesse quesito.

"Contudo, o modelo apenas oferece um cinto de segurança de dois pontos na posição central traseira, carecendo de ancoragens Isofix (tipo de fixação para prender cadeirinhas). A porta traseira direita se abriu no teste, expondo as crianças a maiores riscos", afirmou o Latin NCap.

 

Associação quer punição

"O Latin NCap está muito desapontado com o resultado do Onix. A GM diz que o Onix é baseado em uma plataforma global. Por que ela é autorizada a oferecer um carro tão abaixo do padrão para venda na América Latina?, criticou o secretário-geral do Latin NCap, Alejandro Furas. "Isso mostra, claramente, por que a regulamentação do (teste de) impacto lateral é tão urgentemente necessária para parar com esse padrão duplo de aceitação."

A associação de consumidores Proteste, que é parceira do Latin NCap, afirmou que pedirá a retirada do Onix do mercado.

“É uma ofensa à inteligência do consumidor que a General Motors, que afirma que o Onix é baseado numa plataforma global, não tenha tido êxito na versão avaliada pelo Latin NCAP", criticou a entidade. "Não consideramos que a América Latina seja depósito para carros fora dos padrões exigidos, no entanto, infelizmente, não parece ser a opinião da GM."

 

Mais sobre o teste de impacto lateral

Nas colisões laterais, o carro recebe um impacto de lado por meio de uma barreira deformável montada em um carro padronizado de 850 kg, que se desloca a 50 km/h.

Esse tipo de teste era opcional até 2015: só era feito se a montadora quisesse. Agora, ele inclui também bonecos "crianças" e seus devidos suportes.

Além disso, o controle eletrônico de estabilidade e o teste de poste viraram requisitos para ter a avaliação máxima. De acordo com a nova regra, ter 4 estrelas significa que o veículo mostrou bom desempenho em impacto frontal e lateral e passou no teste ESC.

Caso um modelo tenha conseguido zero estrela no impacto frontal, a entidade nem testa o impacto lateral, dando um resultado total de zero.

Mesmo no teste de impacto frontal, o Latin NCap é mais rígido do que a lei dos principais mercados. Ele é feito com o veículo a 64 km/h, enquanto, na Europa, a velocidade é de 56%. Apenas 40% do carro colide com a barreira nesses dois testes. Nos EUA, a colisão é de 100%, a 48 km/h.

 

Veja o que diz a Chevrolet sobre as notas do Onix

"O Chevrolet Onix cumpre integralmente com todos os requisitos locais de segurança dos mercados onde é vendido na América do Sul.

A GM compartilha o objetivo de melhorar a segurança rodoviária em todo o mundo e busca a melhoria contínua da segurança dos veículos à medida em que novas tecnologias se tornem disponíveis.

A GM coloca o cliente no centro de tudo e anunciou em 2015 um investimento de bilhões de dólares para o desenvolvimento de uma família de veículos totalmente nova, respondendo à rápida mudança da demanda de clientes na América Latina e em outros mercados globais em crescimento.

A GM está sempre procurando formas melhores e mais inovadoras de atender às necessidades em constante evolução dos clientes globais e melhorar o desempenho em segurança. Por essa razão, lançamos recentemente o OnStar em todos os principais países da América do Sul.

O OnStar oferece serviços únicos de emergência que ajudam a fornecer uma resposta rápida e salvam vidas em acidentes de carro. O Onix é o único veículo da sua categoria a oferecer este tipo de tecnologia.

Combinado com airbags duplos e freios ABS com distribuição eletrônica de força de frenagem, acreditamos que o Onix é um dos veículos mais seguros em seu segmento, que é apenas uma das razões de ser o veículo mais vendido na América do Sul."

Airbags duplos frontais e freios ABS são obrigatórios em todos os carros novos no Brasil desde 2014.

 

Kia Rio Sedan também leva zero

 
Kia Rio Sedan também levou nota zero (Foto: Divulgação / Latin NCap)Kia Rio Sedan também levou nota zero (Foto: Divulgação / Latin NCap)

Kia Rio Sedan também levou nota zero (Foto: Divulgação / Latin NCap)

Na mesma bateria de testes o Latin NCap avaliou o Kia Rio Sedan. Fabricado na Coreia, o modelo que não é vendido no Brasil ficou com nota zero para ocupantes adultos e apenas uma estrela para a de crianças.

 

Plenário Mato Grosso

Rua João Bento, 592-A
Bairro Quilombo
Cuiabá - Mato Grosso

plenariomtcomercial@gmail.com

contato@plenariomt.com.br

Busca

Redes Sociais

Plenário Mato Grosso - Central de Notícias, aqui você é informado com *Credibilidade **Dinamismo ***Seriedade e ****Conceito

955x90
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo