Cuiabá (MT), 23 de setembro de 2017 - 21:03

Cuiabá
Carregando...

? ºC

/
Banner cuiaba humanizado 468x60  1
Banner gov mt em acao 468x60  1

Cuiabá

01/09/2017 10:24

Avó reencontra 2 dos 4 netos levados pela Justiça

Elayne Mendes, repórter de A Gazeta

 

A cama da faxineira Rosalina Ferreira do Prado, 56, ficou menor na noite desta quinta-feira (31). Isso porque Moisés, 3, e Ana Clara, 2, os netos que haviam sido retirados dela há 10 dias, retornaram para casa e já avisaram que iriam dormir juntinhos dela.

As crianças haviam sido recolhidas por determinação do juiz substituto da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude da Comarca de Cuiabá, Jorge Alexandre Martins Ferreira, decisão revertida no Tribunal de Justiça. Rosalina conta que já estava desanimada, pois apesar de seu advogado, Ricardo Monteiro, informar que os netos voltariam ainda na quinta-feira, o dia já havia praticamente findado e as crianças não haviam sido entregues.

“Eu preparei toda a casa, o quartinho deles e fiz até a comidinha que eles mais gostam. Mas, como já havia anoitecido, achei que eles não viriam mais”. Era por volta das 18h quando Monteiro ligou para Rosalina e explicou que devido à demora por parte da oficialização do juiz responsável pelo caso, Moisés e Ana Clara só retornariam para casa na manhã de sexta-feira (1º). “Mas eu desliguei o telefone e a assistente social da Casa Lar me ligou perguntando se eu queria receber meus netos de volta naquele momento, que se assim fosse, ela traria meus meninos. É claro que respondi que sim”.

Sentada na sala da casa recém-reformada, Rosalina esperava ansiosa e atenta pelos netos. Qualquer barulho na rua era motivo para ela se levantar e olhar para fora, acreditando ser eles. Cerca de 30 minutos depois, o carro da Casa Lar parou e ao abrir as portas, desceram aqueles que a faxineira intitula como “a minha vida”. “Acho que não vou conseguir nem dormir, vou ficar olhando eles a noite toda, me perguntado se isso é verdade”, disse emocionada ao abraçar as crianças. Moisés, o neto mais velho, foi o primeiro a correr na direção da avó e abraçá-la.

“Estava com saudade vovó, saudade grandona”. Já Ana Clara se mostrou assustada no início, mas logo começou a brincar com o irmão e acariciar a vovó. “Estava triste e agora estou aliviada. Mas, minha felicidade ainda está pela metade, e só vai ficar completa quando os gêmeos, Rogério e Rafael, voltarem”, disse a avó. Ela diz ter fé em Deus e vai continuar lutando na Justiça para ter de volta os netos gêmeos, de 3 meses, que também foram encaminhados para uma Casa Lar após decisão judicial. “Enquanto eu tiver vida, vou lutar para ter meus netos e criá -los, mesmo que de uma forma mais humilde, mas com o amor que nenhuma outra pessoa pode dar”.


Plenário Mato Grosso - Central de Notícias, aqui você é informado com *Credibilidade **Dinamismo ***Seriedade e ****Conceito

Plenário Mato Grosso

Rua João Bento, 592-A
Bairro Quilombo
Cuiabá - Mato Grosso

plenariomtcomercial@gmail.com

imprensaplenariomt@gmail.com

contato@plenariomt.com.br

Busca

Redes Sociais

1170x90
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo